Mundo Digital

Fazendeiro √© multado em R$ 298 mil por ter usado o emoji ‘joinha’ (👍) em contrato

Chris Achter, um fazendeiro canadense, foi multado em R$ 298 mil. A raz√£o da multa foi a utiliza√ß√£o de um emoji de “joinha” (👍) como resposta a um cliente

Foto: Reprodução/Canal Rural.

Recentemente, Chris Achter, um fazendeiro canadense, foi multado em R$ 298 mil. A raz√£o da multa foi a utiliza√ß√£o de um emoji de “joinha” (👍) em um contrato.

Achter utilizou o emoji em resposta a uma proposta de compra de linhaça. O comprador interpretou como confirmação do negócio. Contudo, o agricultor não entregou os grãos conforme esperado, levando o comprador a mover um processo contra ele.

A decis√£o do juiz estabeleceu que um emoji de “joinha” √© t√£o v√°lido quanto uma assinatura em um contrato. A condena√ß√£o do fazendeiro foi baseada na ideia de que as cortes precisam se adaptar √† maneira como as pessoas se comunicam atualmente.

Argumentos e Defesa

Achter alegou que o emoji indicava recebimento da mensagem, n√£o concord√Ęncia com a venda. O comprador, no entanto, apontou para acordos anteriores confirmados por mensagens de texto.

Decis√£o Judicial

O juiz multou o agricultor em 82.000 d√≥lares canadenses (R$ 298 mil), por descumprimento de contrato. Ele ainda ressaltou que os tribunais n√£o devem obstruir o avan√ßo tecnol√≥gico e o uso comum de emojis. Reconhecendo que o uso de emojis como meio de comunica√ß√£o n√£o √© convencional, considerou, contudo, a sua utiliza√ß√£o v√°lida nessa circunst√Ęncia espec√≠fica.


Fonte: Canal Rural.